Category: Maçonaria para Leigos

Share Button

Ela é tão linda é tão bela
Aquela acácia amarela (mais…)

Share Button

“Senhor, se meu Irmão pecar contra mim, quantas vezes eu deverei perdoar-lhe? Até sete vezes? – Disse-lhe Jesus: “Não te digo até sete vezes, mas até setenta vezes sete” (Mat. l8:21-22) (mais…)

Share Button
O evolucionismo é o quinto e último princípio estabelecido no primeiro artigo da Constituição do Grande Oriente do Brasil de 17 de março de 2007 e os quatro anteriores, juntamente com os conceitos e espécies de princípios e postulados da Sublime Ordem, foram objetos de breves comentários publicados nas edições de números 10 a 13 e 15 deste periódico. (mais…)

Share Button

Se, em seus sentimentos existe… Constante preocupação no sentido de preservar, cultuar, praticar e enaltecer os bons princípios (mais…)

Share Button
Charles Evaldo Boller
Sinopse: Ensaio sobre a atividade de desmonte e possibilidade de reconstrução do edifício social.
O edifício social é construído para que o cidadão possua o atributo humano para desenvolver sua dignidade e desde era remota vem desenvolvendo sua humanidade em sociedades cada vez mais organizadas e complexas. Na Maçonaria o maçom destaca a honra e nobreza já perseguidas (mais…)

Share Button

“Só existem dois dias do ano sobre os quais nada pode ser feito: um deles se chama ontem; o outro, amanhã. Portanto, hoje é o dia certo para você amar, sonhar, ousar, produzir e, acima de tudo, acreditar …”  Dalai Lama (mais…)

Share Button
“E não me chamem de bode, pois eu prezo por um bom banho” (mais…)

Share Button

A Maçonaria, na sua forma atual, existe há quase 300 anos. Ao longo dos séculos, sempre houve associações parecidas com a nossa Fraternidade. Tais grupos apareceram em muitos lugares e em diferentes épocas, pelo simples fato de que o homem é um ser social. Por sua natureza, ele tem necessidade de amizade, de amor e de associação com o seu semelhante. (mais…)

Share Button

A história da maçonaria pode se dividida em dois períodos distintos: o primeiro, operativo, quando a instituição desempenhava, basicamente, atividades ligadas à arte da construção no período medieval; o segundo, especulativo, quando a arte de construir já não era mais um critério para participar da instituição e foram admitidos indivíduos originários de outros espaços sociais. Esse momento especulativo é consolidado no início do século XVIII, na Inglaterra, com a publicação de regulamentos que constituirão o que vem sendo chamado de “movimento maçônico regular”. (mais…)

Share Button

Muito se fala e especula sobre o segredo maçônico. O que é, o que será e o que representa. (mais…)