FATOS DESTAQUES, CULTURA, REFLEXÃO MAÇÔNICA, COMEMORAÇÕES E FATOS HISTÓRICOS DE 21 FEVEREIRO

 
Share Button

FATOS DESTAQUES,CULTURA, REFLEXÃO MAÇÔNICA,COMEMORAÇÕES E FATOS HISTÓRICOS 21 DE FEVEREIRO

1887 – LOJA MAÇÔNICA VIGILÂNCIA E FÉ, de São Borja, RS, apela a todas as Lojas Maçônicas do Brasil para evitar um terceiro reinado sob a Princesa Isabel e o Conde D’Eu.

1959 – FUNDAÇÃO do SC de COSTA RICA.

1984 – FUNDAÇÃO da Loja Maçônica VINTE E SETE DE ABRIL no. 1452 – Oriente de LEOPOLDINA MG – Obediência: G O E M/GOB – Reunião: Terça-Feira – Rito: REAA

Fonte: Grande Secretaria Geral de Educação e Cultura
Grande Oriente Universal

CULTURA MAÇÔNICA

”MAÇONARIA E RELIGIÃO”
A maçonaria não é uma seita, não sustenta dogmas e muito menos tem a pretensão de substituir a religião de cada um. Ela se apresenta e para tanto se coloca de maneira isenta sobre todas as crenças religiosas e teorias filosóficas , bem como acima de todas controvérsias para fazer da liberdade de pensamento o seu fundamento.
Ela não impõe a seus membros o que ele deve seguir ou deixar de fazer com relação a religião , todos são livres para seguir seu caminho , sem que os demais nada tenham a censurar-lhes.

Todo aquele que almejar sua inclusão na maçonaria como um de seus membros quando aqui chega seja e qual for o rito, potência, encontrará e ouvirá à porta de seus templos estas palavras ou semelhantes – “Tu serás aqui o único diretor de sua consciência” porque todo aquele que conduzido entre as colunas de seus templos a Maçonaria declarará – “Aqui ninguém te interpelará pela tua crença, nem te injuriará por ela.”

Todo aquele que toma lugar no recinto de uma loja maçônica ou templo maçônico, a Maçonaria lhe assegura que – “ A nobreza de suas ações e a tua sinceridade dão-lhe o direito de seres aqui o único na tua crença. Se estiveres equivocado, a verdade te iluminará, e tu encaminharás livremente e desimpedido para ela. “

Em matéria de religião , o principal dever do maçom é o da prática da tolerância absoluta em relação às crenças alheias, no elevado intuito de, a despeito de seu antagonismo aproximar todos os homens de boa vontade sob a bandeira da FRATERNIDADE.

A Maçonaria busca e prega o aperfeiçoamento moral da humanidade, nada impede que homens de todas religiões se reúnam sem se hostilizar-se numa atmosfera de paz e serenidade.“ A Maçonaria é sempre a Mãe Carinhosa das lutas fratricidas, é a mediadora dos interesses privados e das paixões pessoais em choque, é a única força capaz de apaziguar os ódios religiosos. Para deter o impulso da sua natureza, o maçom usa de dois recursos : o império de si mesmo e a supressão dos maus instintos. É o único jugo que lhe impõe a associação : aquele que se rebela contra ele, é perjuro, e como tal, abandonado à sua sorte , depois de julgado maçonicamente. (1)

A Maçonaria não é adversária da religião e sim sua melhor e quem sabe a maior e única cooperadora, porque acolhe em seu meio adeptos de todos cultos que colaboram em muito no fortalecimento comum, do Grande Arquiteto do Universo que é DEUS – ideia que encerra, na ordem física, a expressão do Equilíbrio Universal na ordem intelectual, a Suprema Inteligência que tudo rege e prevê, e na Ordem Moral a Justiça Imanente.

A Maçonaria quer a Crença nos lares e nos Templos, respeitada e sem atritos com os sentimentos dissidentes, e na política exige que as minorias não sejam espezinhadas em seus direitos pela maioria dominante no estado. A Maçonaria é favorável pelo poder civil separado do ambiente religioso, para que outros que não comungam da mesma crença não sejam tratados desigualmente Cidadão da mesma Pátria, que traz por consequência e opressão e a tirania. A maçonaria abomina a hipocrisia, condena o fanatismo, e a obsessão religiosa, combate sem tréguas a intolerância, dentro do principio moral, de Liberdade , Igualdade e Fraternidade entre todos os homens , não importando que religião professam. JESUS não se envergonhava da companhia de publicanos e gentios, por ser isto obra de misericórdia. A sua imitação procede o verdadeiro Maçom e esta é a sua Lei máxima por ser isto obra de Fraternidade.
“Amai-vos uns aos outros como eu vos amei.”
Fonte: Sublime União

Comentário –
O original deste artigo não tem autor, alguns conceitos aqui descritos foram adaptados e reeditados sem fugir do objetivo da obra, publicado originalmente no Or.’. de Sorocaba em 1982 (?)

REFLEXÃO MAÇÔNICA

ACÁCIA SÍMBOLO DA IMORTALIDADE

A Crença da imortalidade da alma tem sido considerada sempre como um dos dogmas mais fundamentais DA Maçonaria. Os filósofos antigos não concebiam que poderia transformar-se a alma, quinto elemento segundo OS índios e OS Egípcios, e declararam-na imortal.

Em certo grau DA Maçonaria, a imortalidade se simboliza por um ramo de Acácia. A Acácia é uma planta consagrada como símbolo das cerimônias espirituais. Alguns a confundem erroneamente com a cássia. Este erro tem sido cometido até por escritores ilustres.

A Acácia, na antiguidade, era estimada como árvore sagrada. Crescia abundantemente nas cercanias de Jerusalém, onde se encontra até hoje, sendo muito comum e conhecida. O mundo moderno a USA para fazer a goma arábica. Da Acácia, Moisés ordenou que se fizesse o Tabernáculo, a Arca DA Aliança e OS demais adornos sagrados.

Com esses antecedentes não é de estranhar que OS primeiros Maçons, ao tomarem conhecimento DA história de Israel, adotassem a planta sagrada, a Acácia, como símbolo de uma importante verdade moral e religiosa. No sistema místico, a Acácia além DA Imortalidade DA alma, também simboliza a inocência.

Se assegura que OS antigos substituíram pela Acácia todas as outras plantas, porque acreditavam que ela era incorruptível e não estava exposta aos ataques de insetos e outros animais, simbolizando assim, a natureza incorruptível DA alma.

Em resumo: A Acácia, é o símbolo DA imortalidade, DA inocência, DA incorruptibilidade DA alma, sendo este simbolismo de caráter peculiar e pouco comum que não depende DA relação entre o simbolismo ou a coisa simbolizada, e sim do duplo significado DA palavra.
Texto: Ir.´. Rubens Cardoso
Fonte: Sublime União

Frase do Pedreiro Livre: Lembre-se dos três Rs: Respeito por si próprio, respeito ao próximo e responsabilidade pelas ações. Dalai Lama

COMEMORAÇÕES NACIONAIS E MUNDIAIS 21 FEVEREIRO
21 de fevereiro (sexta-feira), 52º dia de 2014 (313 dias para 2015)

DIA INTERNACIONAL DA LÍNGUA MATERNA
No dia 21 de fevereiro de 1952, na cidade de Daca, atual capital do Bangladesh (na época fazia parte do Paquistão), a polícia paquistanesa disparou sobre um grupo de estudantes que se manifestava reivindicando que a sua língua materna, o Bengali, fosse reconhecida como uma das duas línguas nacionais do Paquistão.

Em 1971, Bangladesh tornou-se independente e o Bengali tornou-se sua língua nacional com cem milhões de falantes. O Bengali é também a língua materna de 70 milhões de indianos que vivem na região de Bengala ocidental e arredores.

Quarenta e sete anos depois, em novembro de 1999, a 30ª sessão da Conferência Geral da UNESCO, por proposta do Bangladesh, proclamou o dia 21 de fevereiro como Dia Internacional da Língua Materna.

“a promoção e difusão das línguas maternas não só estimulam a diversidade linguística e a educação multilíngue como contribuem também para desenvolver uma maior consciência das tradições linguísticas e culturais do mundo e serve para fomentar a solidariedade baseada no entendimento, na tolerância e no diálogo”.

Há quem considere que a diversidade linguística e cultural do mundo corre o risco de se transformar numa empobrecedora homogeneidade (Antonio Moreno).
A cada ano que passa, o número de línguas diminui assustadoramente; seja pela diminuição do número de pessoas que falam a língua; seja pela destruição de comunidades inteiras devido à guerras, deslocamentos forçados ou mesmo pela falta de meios de subsistência.

Além disso, a imposição de uma língua única e exclusiva, e a força cultural imposta pelos meios de comunicação globalizados são também fatores coadjuvantes da eliminação de um idioma.
Segundo o Ethnologue (um dos maiores sites dedicados à idiomas), existem quase 7000 línguas no mundo e o português é a sétima língua mais falada. Mas existem também idiomas que é somente falado por um punhado de pessoas e que em breve, desaparecerão.

De acordo com o Professor Antonio Moreno, 600 idiomas (11,5% das línguas do mundo) têm menos de 150 falantes, 1800 línguas (30,1%) têm menos de mil falantes e 59, 4% têm menos de 10 mil falantes.
Se juntarmos o fato de que somente pouco mais de 100 línguas têm registo escrito, então a morte das línguas é também a desertificação cultural do mundo. (Antonio Moreno).

Por todas estas razões, é necessário e urgente repensar o mito de Babel: talvez não tenha sido afinal um castigo, mas uma dádiva divina.
Fonte: Eportuguese

DIA NACIONAL DO NATURISMO
21 de Fevereiro de 1917 – Cachoeiro de Itapemirim – ES
Carnaval
Nascia uma menina que seus pais deram o nome de Dora Vivacqua, quinta filha de Etelvina e Antonio Vivacqua.

Mais tarde, a decidida garota resolve adotar como nome LUZ DEL FUEGO, nome com o qual entrou para a história mundial.

Foi Feminista antes do Feminismo chegar ao Brasil
Foi contra a repressão política durante regimes autoritários
Foi bailarina do povo enquanto a sociedade via com maus olhos os artistas
Foi idealizadora e promotora do Naturismo quando nem havia ainda Organizações Internacionais de Naturismo.

Esta foi a LUZ! Sim! A LUZ que enquanto houver o verdadeiro naturismo em solo brasileiro, jamais se apagará! Em sua trajetória, como as grandes
personalidades do mundo, foi polêmica, foi ousada e revolucionária, sempre primando por princípios éticos e morais, sem distinções. Conta-se que ninguém entrava em sua ilha de roupas. As mesmas tinham que serem deixadas no pier onde atracavam os barcos. Atrizes, como Jayne Mansfield, de grande sucesso em Hollywood na época foram barradas por não quererem aderir ao naturismo.

Adepta da alimentação vegetariana, não fumava, nem ingeria bebidas alcoólicas e, através de uma concessão da Marinha, obteve licença para viver na ilha Tapuama de Dentro, na Baia da Guanabara-RJ, que foi por ela rebatizada como ‘Ilha do Sol’ e onde fundou o primeiro Clube Naturista do Brasil, o ‘Clube Naturista Brasileiro’.

Em 1955 a INF-FNI – Federação Internacional de Naturismo, reconheceu oficialmente o surgimento do movimento naturista no Brasil adicionando a Ilha do Sol e o Clube Naturista Brasileiro como um de seus afiliados, portanto somos gratos a ela por hoje sermos um dos mais antigos membros da INF-FNI.
Infelizmente, em 1967 (a 40 anos) deixou-nos neste mundo, para virar um mito, uma lenda, uma heroína!

Por tudo isto, a Federação Brasileira de Naturismo não poderia deixar de comemorar o dia de seu aniversário (21/02) como ‘Dia Nacional do Naturismo’ e comemorar em todas as áreas federadas do Brasil esta grande mulher que ainda hoje é LUZ para nosso movimento.
Repensemos na frase mais famosa de LUZ:

“Um nudista é uma pessoa que acredita que a indumentária não é necessária à moralidade do corpo humano. Não concebe que o corpo humano tenha partes indecentes que se precisem esconder”.
Fonte: Praia do Pinho/Naturismo

Dia da 1ª Inspeção em Vôo realizada no Brasil por técnicos brasileiros comemorado na Força Aérea Brasileira, para marcar a data da 1ª inspeção em voo conduzida e tripulada por brasileiros, num vôo de 5 horas a bordo da 1ª aeronave-laboratório da América Latina em 21 de fevereiro de 1959, com a missão de verificar a adequação de instalação de um VOR [VHF Omni-directional Radio Range] no sítio de Itaipuaçú, no interior do Estado do Rio de Janeiro.

Dia Festivo do Exército comemorado no Exército brasileiro, conforme Decreto-Lei Nº 9.007 de 21 de fevereiro de 1946, para celebrar a data da tomada do Monte Castelo pela FEB [Força Expedicionária Brasileira], ocorrida em 21 de fevereiro de 1945 na Itália, durante a 2ª Guerra Mundial.

Dia Estadual do Imigrante Italiano comemorado no Estado brasileiro de Santa Catarina, conforme Lei Nº 14.515 de 21 de outubro de 2008, em apoio ao “Dia Nacional do Imigrante Italiano” no Brasil, para marcar a data de 21 de fevereiro de 1874, em que chegaram ao porto brasileiro de Vitória-ES no Navio Sofia, as primeiras 380 famílias de italianos acolhidos nas Terras Brasilis, que então se estabeleceram no Estado brasileiro do Espírito Santo.

Dia Internacional da Língua Materna ou “International Mother Language Day” comemoração instituída em 17 de novembro de 1999 pela UNESCO [Organização das Nações Unidas para a Educação, Ciência e Cultura ou “United Nations Educational, Scientific and Cultural Organisation”] e formalmente reconhecida pela Assembleia Geral das Nações Unidas, consolidando uma comemoração que já se fazia em Bangladesh desde quando 4 estudantes universitários foram mortos pela polícia e exército paquistaneses na atual capital bangladeshiana de Daca em 21 de fevereiro de 1952, ao enfrentarem o fogo dos militares durante um movimento em favor da língua bengali, o que provocou uma grande onda de protestos nacionais e fez com que o bengali ou bangla Banla [também conhecido como bengalês] terminasse por ser reconhecida como uma das línguas nacionais do Paquistão, marcando uma das poucas situações em que os falantes de uma língua, indiscutivelmente sacrificaram suas vidas em luta pela liberdade para usar o seu idioma.

Dia Internacional do Guia de Turismo ou “International Tourist Guide Day” comemoração promovida desde 1990 pela WFTGA [Federação Mundial de Associações de Guias de Turismo ou “World Federation of Tourist Guide Associations”], com a participação voluntária de guias de turismo em atividades para comunidades em vários dos países participantes.

Dia Nacional do Imigrante Italiano comemorado no Brasil, conforme LEI Nº 11.687 DE 2 de junho de 2008, para marcar a data de 21 de fevereiro de 1874, em que chegaram ao porto brasileiro de Vitória-ES no Navio Sofia, as primeiras 380 famílias de italianos acolhidos nas Terras Brasilis, que então se estabeleceram no Estado brasileiro do Espírito Santo.
Dia Nacional do Naturismo comemorado no Brasil, para marcar a data do nascimento da atriz, bailarina, naturista e feminista brasileira, Dora Vivacqua [mais conhecida como “Luz del Fuego”], que veio ao mundo em 21 de fevereiro de 1917 e é tida como a pessoa responsável pela abertura do caminho do naturismo aos brasileiros.
Fonte:DiasDe

FATOS HISTÓRICOS

DIA DA CONQUISTA DO MONTE CASTELO (1945).
Em 21 de fevereiro de 1945, a FEB (Força Expedicionária Brasileira) realizou a sua mais importante conquista nos campos de batalha europeus: a tomada do Monte Castelo. Formada durante o governo Getúlio Vargas, a FEB era constituída de oficiais e voluntários que se alistaram com o intuito de poder ajudar as forças aliadas no combate ao nazi-fascismo na Europa.
Os brasileiros, em sua maioria, estavam despreparados para os conflitos e as forças nacionais receberam treinamento e mantimentos dos quartéis norte americanos. Foram enviados desde armamentos até uniformes, afinal, os brasileiros estavam acostumados a um clima tropical e suas vestimentas não eram adequadas para o rigoroso inverno europeu.

A FEB estava subordinada ao 4o Corpo do 5o Exército americano e foi enviada para os campos de batalha na Itália para ajudar a conter o avanço das forças alemãs em direção à França. Antes da vitória final, em 21 de fevereiro, ocorreram outras três tentativas. O comando americano definiu que no dia 19 de fevereiro teria início a nova ofensiva que ficou conhecida como ?Operação Encore?. Nesta, a missão da força brasileira era tirar Monte Castelo do controle dos alemães, pois ele representava uma posição estratégica, já que se encontrava no caminho para Bolonha, cidade que representaria uma importante conquista para as forças aliadas. No dia 21, a FEB derrubou os alemães. A tomada do Monte Castelo ficou conhecida como a sua mais importante conquista.

Alguns meses depois, em 8 de maio de 1945, a Alemanha se rendeu e, pelo menos em território europeu, a guerra chegou ao fim. Os pracinhas da FEB retornaram ao Brasil e aqui foram recebidos com muita festa. A segunda guerra só acabaria, no entanto, 4 meses mais tarde pois os japoneses ainda não haviam desistido e continuavam a jogar seus kamikazes contra os alvos inimigos.

A crueldade do bombardeio atômico a Hiroshima e Nagasaki mostrou ao mundo o poder de fogo norte americano e os ataques desnecessários levaram à capitulação dos japoneses em 2 de setembro de 1945.
Fonte: Grandes Mensagens

1431 – Começa o julgamento de Joana d’Arc.
1468 – O Infante D. Fernando, Duque de Viseu e Donatário das Ilhas dos Açores, concede ao fidalgo flamengo Joss van Hurtere a Capitania da Ilha do Faial.
1543 – Batalha de Wayna Daga, na Etiópia, onde os exércitos português e etíope, comandados pelo imperador da Etiópia, Gelawdewos, derrotam as tropas muçulmanas invasoras comandadas pelo emir de Zeila Ahmed Granhe.
1560 – Mem de Sá chega à Baía de Guanabara para atacar o forte Coligny
1764 – O Tribunal de King’s Beach declara John Wilkes culpado por ter editado Essay on a Woman e reeditado o número 45 do North Briton.
1804 – A primeira locomotiva a vapor auto-propulsada sai à rua da Pen-y-Darren ironworks no País de Gales.
1848 – Publicação do Manifesto Comunista.
1871 – Um Ato do Congresso incorpora em Washington, D.C., as cidades de Washington e de Georgetown e o Condado de Washington, criando um único território federal.
1885 – Conclusão da construção do Monumento a Washington.
1895 – Alfred Dreyfus, oficial francês acusado injustamente de traição, é deportado para a Ilha do Diabo
1916 – Primeira Guerra Mundial: em França começa a Batalha de Verdun.
1925 – A revista The New Yorker é lançada ao público.
1945 – Tomada do Monte Castelo pela Força Expedicionária Brasileira na Segunda Guerra Mundial.
1947 – Em Nova Iorque, Edwin Land faz uma demonstração da primeira câmera instantânea num encontro da Sociedade Óptica Americana.
1948 César Lattes, físico brasileiro, do Estado do Paraná, isola o méson, nova partícula do átomo.
1948 A National Association for Stock Car Auto Racing é fundada.
1953 – Francis Crick e James Watson descobrem a estrutura da molécula de DNA (ou ADN).
1960 – O líder Cubano Fidel Castro nacionaliza todas as empresas em Cuba.
1965 – Malcolm Little, o Malcolm X, é assassinado quando estava prestes a fazer um discurso no Audubon Ballroom, em Nova York.
1972 O Presidente americano Richard Nixon visita a República Popular da China para normalizar as relações entre os dois países.
1972 – A nave espacial soviética Luna 20 (não-tripulada) chega à Lua.
1973 – Sobre o deserto de Sinai, os aviões de combate Israelitas abatem um avião da Libyan Airlines, matando 108 pessoas.
1976 – Portugal reconhece oficialmente a República Popular de Angola.
2007 – Romano Prodi, então primeiro-ministro da Itália, anuncia que renuncia ao cargo. No entanto, é demovido da ideia pelo presidente do país, Giorgio Napolitano.
Fonte: Wikipedia

Frase do Dia: ¨NUNCA PERCA A FÉ NA HUMANIDADE, POIS ELA É COMO UM OCEANO. SÓ PORQUE EXISTEM ALGUMAS GOTAS DE ÁGUA SUJA NELE, NÃO QUER DIZER QUE ELE ESTEJA SUJO POR COMPLETO.¨ ( MAHATMA GANDHI )

Deixe uma resposta