Hospital de Base de Rio Preto vai sortear um Maverick

 

www.hospitaldebase.com.br

Share Button

Um paciente do Hospital de Base que se tratou durante 10 anos de um câncer (mieloma), decidiu quando ainda estava vivo doar ao HB, o mais precioso bem material que tinha em agradecimento pelo atendimento recebido no hospital. De acordo com a viúva, Dalcisa Venturini Locatelo Bossolini, 64 anos, o marido, enquanto vivo e já recuperado do câncer, disse-lhe que gostaria de doar o carro ao hospital após sua morte.

Passados cinco anos, o policial militar José da Silva Nascimento morreu, aos 74 anos, e a doação foi realizada conforme sua vontade. “Quando ele disse isso, estava bem e curado. Eu até dei risada, mas era essa a vontade dele, tanto que também comunicou às irmãs sobre o desejo de doar o carro ao hospital”, contou a viúva.

Ela também lembrou que o marido fez uma única ressalva: que o dinheiro da venda do veículo fosse destinado ao departamento de Transplante de Medula Óssea, onde ele realizou o tratamento. “Essa foi a única condição para a doação. Ele fez isso, pois não tivemos filho e foi lá que ele se curou da doença”, disse Dalcisa.

De acordo com a mulher, o carro está em perfeito estado de funcionamento e conservação. “Eu sempre falava que dava para comer em cima do motor de tão limpo e brilhoso que era”, disse ela, lembrando o carinho que o marido dispensava ao veículo.

De acordo com especialistas em veículos, um carro como este pode ser comprado por colecionadores por até R$ 75 mil, muito mais valorizado que a maioria dos carros populares. Dona Dalcisa contou ainda que o carro foi comprado pelo marido em 1976, porém tinha sido fabricado em 1974 e que, após a compra, ele nunca parou de fazer melhorias.

E cuidou muito bem da relíquia. “Sempre que íamos passear, logo no começo do namoro, eu saía com ele e achava que as pessoas olhavam para mim. Um dia comentei com ele: ‘olha, estão me olhando muito, será que eu estou tão bonita assim?’ E ele prontamente me respondeu: ‘me desculpe, mas eles estão olhando para o carro e não para você’. Rimos muito da situação”, lembrou a viúva.

E ele estava certo, de acordo com a mulher: não tinha uma única vez que saíam para passear que os outros motoristas não pedissem para tirar fotos do carro, do motor e das rodas. “O carro era muito famoso, por onde passava chamava atenção e ele adorava isso tudo”, disse a viúva.

Para concorrer ao carro, os interessados precisam ir até o caixa do Hospital de Base ou do Hospital da Criança e Maternidade, e pedir para comprar uma cota. O valor de cada cota é R$ 15; o sorteio será realizado no dia 26 de março. O ganhador será o que tiver o número sorteado pela loteria federal de Páscoa.

O carro já vem com toda a documentação em dia e com os impostos pagos. O ganhador tem 90 dias para retirar o veículo e sair rodando. Outras informações podem ser obtidas pelo telefone 3201-5000 ou ainda pela internet, no site: www.hospitaldebase.com.br

por: Victor Augusto
fonte: http://www.diariodaregiao.com.br/cidades/hospital-de-base-vai-sortear-um-maverick-1.395433

Cofundador e Administrador do Portal Brasil Maçom, Administrador da Loja Virtual Atelier do Maçom, Mestre Maçom Iniciado na ARLS Cidade de Vila Velha 89, Jurisdicionada à Grande Loja Maçônica do Estado do Espírito Santo (GLMEES), Designer, Programador e Desenvolvedor .NET de Sistemas WEB.

Deixe uma resposta