Maçonaria para Leigos

 
Share Button

O que é realmente a Maçonaria?

É uma associação de homens livres que trabalham em um projeto global que consiste em melhorar os homens e a sociedade aonde vivemos. É um sistema de conduta moral aonde se aprende a dominar as paixões, as ambições, os vícios, e o ódio que oprime o homem. É também uma sociedade fraternal que admite todos os homens livres e de boa reputação, sem distinção de raça, religião ou ideal político.

É uma Seita?
Para que serve ser Maçom?

Não quer dizer que ser Maçom seja algo fundamental para se viver. É simplesmente eleger uma forma de vida, comprometido com a sociedade que vivemos. Serve para penetrar nos conhecimentos dos antigos Maçons, interpretar e utilizar sua simbologia para aperfeiçoar a nós mesmos e aos que estão em nossa volta.

Não, em absoluto. As seitas buscam adeptos para fins não recomendáveis . A Maçonaria
não busca adeptos, nem pratica o proselitismo. Os candidatos só serão aceitos depois de haver passado favoravelmente por uma investigação e uma votação entre todos os membros da loja em que foi solicitado o seu ingresso. Por outro lado, as seitas incutam um dogma aos seus membros. Na Maçonaria não há dogmas, se fomenta o livre pensamento, para que o conhecimentos de cada novo membro enriqueça o conjunto. Realmente na Maçonaria não se ensina nenhum conhecimento, sim que se põe a disposição de cada membro uma simbologia para que cada
um chegue por si mesmo a estabelecer uma série de conclusões. Daí que normalmente, entre os maçons, se diga que há; tantas Maçonarias como Maçons no Mundo, visto que, cada um a vê e interpreta de forma distinta. Por último, as seitas prendem seus
É uma adeptos a elas para tê-los permanentemente ligados. Na Maçonaria, a porta para entrar é muita pequena; a porta para sair é; muito grande. Sociedade Secreta?

É um partido Político?

Não. O que dissemos sobre a religião, é igualmente válido para a política. Tampouco se debatem temas políticos nas Lojas. Em resumo, se pratica a neutralidade religiosa e política. Com isto se pretende conseguir a Harmonia interna da Ordem para lograr sua finalidade unificadora.

Conspiram voces contra os poderes estabelecidos e constituídos?

Não. Um dos deveres do Maçom é respeitar as leis do país aonde reside. Expressamente se acata a legalidade Constitucional.

Por que não aceitam as mulheres?

É só uma questão de manter intactas as Tradições herdadas dos antigos Maçons Operativos. Logicamente, devido ao tipo de trabalho que realizavam estes obreiros, construtores de catedrais, não contavam com nenhuma mulher entre os seus membros. Não há nenhuma outra razão. Existem algumas obediências que permitem o acesso de mulheres, e nós outros respeitamos esta prática. é uma tendência global.

É necessário que me convidem para entrar na Maçonaria?

Não, somente os maçons retrógrados, carentes de instrução e de pensamento tupiniquim é que apregoam essa falsa filosofia ( filosofismo ). O interessado deve dar o primeiro passo. A loja e seus membros poderão, de uma forma sutil e sem ser demasiado eloqüentes, informar sobre a Maçonaria, porém, em nenhum caso poderão tentar convencer-lhe que ingresse. Querer ser Maçom deve nascer no coração do homem, nunca deve ser imposto por outros que com ele se relacione.

O que tenho que fazer para ser Maçom?

Se conheces um Maçom, dirija-se a ele, é a melhor forma de se bater as portas da Maçonaria. Se não conheces algum Maçom, não se preocupe, dirija-se a uma Loja expondo suas razões e o seu desejo de ser Maçom. procure a loja mais próxima da sua residência para que façam uma pesquisa sobre a sua pessoa, para isto, você deve lhes entregar um currículo com todos os seus dados pessoais, caso a loja verifique com a aprovação unânime de todos os seus membros que você deve ser contatado, isto se fará de forma pessoal, e por um dos Mestres Maçom da referida Loja. Esta pesquisa poderá demorar de um a dois anos, isto é, se tudo correr bem. Pode ocorrer que exista alguma circunstância em sua vida, que deverá ser aguardado o seu desfecho antes de ser oficialmente contatado por um membro da Loja Maçônica.

O que me será exigido em sendo Maçom?

Muitas coisas e muita poucas ao mesmo tempo. Isto se compreende quando se vê que cada um se envolva no grau que deseje. Basicamente, só se compromete em ter um comportamento digno e respeitoso para com o restante dos membros e da sociedade em geral, a pagar sua quotização mensal, a estudar a simbologia maçônica, a freqüentar no mínimo 50% das reuniões, que no Brasil, normalmente, é uma por semana, ou duas por mês. No mais, tudo vai depender de cada um, os Maçons se comprometem a realizar pequenas obras filantrôpicas para ajudar os mais necessitados, a estudar os rituais, a interessar-se pela cultura em todas as suas possíveis manifestações, em definitivo, a praticar a virtude. Porém, sobre tudo os Maçons se dedicam a trabalhar suas próprias imperfeições, auxiliados que são

pelos símbolos e pelos rituais maçônicos, que são os meios que lhes são disponibilizados para sair vitorioso dessa grande e promissora jornada, para que se transformem, para que passem de homens bons, para homens melhores.

E se logo eu venha a me arrepender e resolva deixar a Maçonaria, o que me acontece?

A princípio nada, você passará de uma condição de Maçom Regular, para a condição de Maçom Irregular, afinal, uma vez Iniciado nos Nossos Augustos Mistérios, nunca deixará de ser um Maçom. O que podemos afirmar é que, a porta para entrar na Maçonaria é muito pequena, porém, a porta da saída é muito grande. Quem quiser sair, poderá faze-lo a qualquer momento e sem ser molestado por nada, desde que esteja em dia com as obrigações assumidas.

TEXTO TRADUZIDO E ADAPTADO DA PÁGINA (http://glfe.tripod.com )

Cofundador e Administrador do Portal Brasil Maçom, Administrador da Loja Virtual Atelier do Maçom, Mestre Maçom Iniciado na ARLS Cidade de Vila Velha 89, Jurisdicionada à Grande Loja Maçônica do Estado do Espírito Santo (GLMEES), Designer, Programador e Desenvolvedor .NET de Sistemas WEB.

Deixe uma resposta