REFLEXÃO DO DIA

Quando temos que fazer uma viagem, preocupamo-nos, esmeradamente, com todos os pormenores e com todas as possibilidades de imprevistos, prevendo e procurando tomar todas as providências para que a viagem não seja comprometida. Resumindo: é essencial prevermos para provermos.

Assim, quanto mais demorada e complicada for a viagem, maiores serão as preocupações e mais intensos os preparativos. Um pequeno descuido poderá significar o comprometimento da viagem e até uma tragédia.

Ninguém de nós tem dúvida de que neste mundo somos passageiros de uma grande viagem desde o nosso nascimento. E sabemos que é uma viagem única, pois se trata da nossa vida, portanto, a mais importante.

Estamos tomando todas as providências para esta viagem, cujo trajeto nos levará à eternidade? Sabemos que ao final da jornada, colheremos os frutos da semeadura que livremente fizemos ante as circunstâncias adversas ou não.

Portanto, sejamos prudentes, nos organizando; sejamos previdentes, provendo as nossas necessidades e carências, e não nos exponhamos além do necessário. Nesta vida a viagem é sem volta, e ao seu final seremos premiados ou penalizados. Tudo está em nossas mãos.

Neste sábado, tiremos um tempinho do nosso dia para avaliarmos essa nossa grande jornada que se chama vida e façamos correções de rumo, se for o caso. Só temos a ganhar!

T∴ F∴ A∴

Você pode gostar...

Deixe uma resposta