Salmo 133 – “A excelência do amor fraternal”

 
Share Button

vers. 1 – “Oh! Quão bom e quão suave é que os irmãos vivam em união”

Vemos que este Salmo davítico, quer mostrar a importância dos irmãos viverem em adesão, porém, no mesmo príncipio: daLiberdade, Igualdade e Fraternidade, e jamais deixando a Fé, a Esperança e a Caridade. Na época em que este Salmo foi escrito, estava havendo uma desunião entre o povo de Israel para com os outros povos. Como sabemos no Antigo Testamento tinha-se a idéia de um Deus tribal, que operava no meio da tribo deIsrael; e este povo pensava que somente eles tinham o direito de prestar culto a este Deus, e as pessoas de outras nações não tinham o mesmo direito. No decorrer do livro de Salmos salienta-se que o povo de Israel tinha como dever anunciar entre as nações a Glória de Deus, e quando eram anunciadas conseqüentemente reconhecia Yohavé (hb), Javé ou Jeová (latim), como o único Deus. Ao passar do tempo o Israelitas começaram a desprezar as pessoas que eram de povos diferentes, mas que adoravam o mesmo Deus do que eles. Então o Salmista deixa notório no inicio deste capítulo, que as pessoas que crêem em Yohavé, são importantes para a vida decomunhão; não importa de qual nação seja.

vers. 2, parte a – “…é como o óleo precioso…”

Imagino que quando o Rei Davi escreveu este Salmo, começou relatando o quão é importante que os irmãos vivam em união, mas, no entanto, não ficou satisfeito em escrever só esta frase e começou a pensar: “Como eu posso mostrar para este povo a importância da unidade?”

Como ele queria deixar claro isso ao povo judeu, talvez tenha começado a se lembrar de objetosjudaicos importantes, como por exemplo a : Arca da Aliança, Tora, Candelabro de Ouro, Altar dos Incensos, Mar de Bronze (Pia), Mesa Propiciatória, etc.)pois, como nos símbolos de nosso Templo Maçônico e também dos ritos, como nossa ritualística em Loja; e assim fez uma analogia destes objetos ritos com a Comunhão.

Também o óleo era simbolismo de extrema importância aos judeus.

Vejamos porque :

1º O Óleo servia para santificar e consagrar o Sacerdote (Êx 28:14). O óleo tinha este ativismo de santificar e consagrar e assim entendemos o que o Rei Davi quis dizer, logo, os irmãos que vivem unidos são abençoados e consagrados a Deus.

2º Ele também servia para marca um objeto ou uma pessoa para Deus (KADOSHI). É notável que o salmista quisesse referir de um povo que vive uma união pragmática, é um povo marcado por Deus e por Sua glória.

3º Podemos fazer uma alegorização com o Espírito Santo (Lc 4:18). Neste texto não podemos falar que o salmistas quis dizer do Espírito Santo. Mas nos dias de hoje pode fazer este paralelo, pois sabemos que o Espírito Santo é comparado ao óleo. Então ao pensarmos hoje, que os irmãos unidos sentem a presença de uma harmoniosa egrégora, está correto. E é esta presença que promove a unidade do corpo e espírito.

vers. 2 parte, b e c – “…que desce sobre a barba, a barba de Arão…”

Igualmente ao ver o simbolismo da barba. podemos fazer a comparação com a comunhão.

1º A barba simboliza sabedoria e austeridade moral. No texto mostra que o óleo desce sobre a barba de Arão, e vimos que o óleo serve para santificarconsagrar e marcar. O que dá para entender?
Assim é a Loja que vive unida ela é acrescida em sua sabedoria e moralidade. Portanto, esta Loja será formada de irmãos sábios e de boa conduta moral e conseqüentemente será refletido na vida em sociedade.

2º Por que Arão? Este tinha tradição entre o povo, devido ao seu caráter de patriarca e fundador da classe Sacerdotal, sendo assim, a mesma moral de um individuo igual a Arão, assim é a moralidade dos irmãos que vivem a união.

vers. 2 parte d – “….que desce sobre a gola das suas vestes…”

gola aqui, quer falar dos bons frutos. Quero fazer uma pergunta (aos IIr.’.):

Tem como um corpo andar se os teus membros estão separados e espalhados?

Resp. : “Claro que não, meus queridos irmãos!”

Se uma Loja quer crescer em quantidade e em qualidade, se ela quer ser uma Loja que produza bons frutos; tem que estar unida. A Loja unida produzirá bons frutosabençoados pelo G.’.A.’.D.’.U.’.

 vers. 3, parte a – “… como o orvalho de Hermom, que desce sobre os Montes de Sião…”

É muito interessante esta comparação. O Monte Sião sempre foi um lugar onde os Judeus imaginavam que era a moradia de Yohavé, e não simplesmente no imaginário judaico, mas o próprio Deus afirma na Sagrada Escritura que ele habitava nesse monte. Então vamos analisar a analogia do orvalho de Hermon e os  montes de Sião com relação a união.

Vejamos:

  • Sião é uma aglomeração de montes, e no meio destes montes o maior é o monte Hermom(onde foi construído o Templo de Salomão), e o pico deste monte é tão alto que há neve em seu cume, e é dela que vem o orvalho. E orvalho é considerado benção! Pois doorvalho vem a água, que vem a vida, que vem a natureza, e este é o bem maisPrecioso;
  • e se torna interessante o derreter desta neve, pois através dela começa a nascente do Rio Jordão, que leva esta vida à natureza a quilômetros distante. Da mesma forma é a Lojaque vive unidaostruído o t igreja. Deus, o G.’.A.’.D.’.U.’., do seu trono em cima “do monte”, derrama seu Orvalho (Benção), sobre a Loja fazendo que ela gere vida efloresça e leve esta vida florida a distância. Que maravilhoso!, os irmãos unidos é um povo abençoado pelo o G.’.A.’.D.’.U.’., e é um povo que gera uma “natureza florida” em seu meio e leva isso à diante.

Vers. 3, parte b e c – “…Ali ordena o Senhor a sua benção e vida para sempre…”

Observem :
“Que benção será que ele ordena?”

Resposta : “São as bênçãos conforme o texto mostra que serão dadas conforme os irmãos se unirem. Este texto mostra a extrema importância da Loja estar unida.”

CONCLUSÃO

Que possamos buscar o entendimento e o discernimento da importância da união na vidaMaçônica, para sermos uma Ordem cheia de vida amor!

BIBLIOGRAFIA

Bilbia Sagrada (Velho Testamento)

Revista e Corrigida

Edição de 1.995

Traduzida em português por  João Ferreira de Almeida

Ed. : Sociedade Bíblica do Brasil

São Paulo

 Salmo 133 – “A excelência do amor fraternal”

Ir .’.   Valdecir Lopes da Silva

Cofundador e Administrador do Portal Brasil Maçom, Administrador da Loja Virtual Atelier do Maçom, Mestre Maçom Iniciado na ARLS Cidade de Vila Velha 89, Jurisdicionada à Grande Loja Maçônica do Estado do Espírito Santo (GLMEES), Designer, Programador e Desenvolvedor .NET de Sistemas WEB.

Deixe uma resposta