CLIQUE E ACESSE A LOJA VIRTUAL DO BRASIL MAÇOM

hueman

CONDIÇÕES E INFORMAÇÕES PARA SE TORNAR UM MAÇOM

Todas as informações necessárias ao ingresso na Maçonaria estão contidas nos tópicos descritos abaixo. Leia com atenção e procure proceder conforme essas orientações. Não será possível ingressar na Ordem Maçônica, sem que seja, rigorosamente, observado o exposto...

Por que sai da Maçonaria?

Saí da Maçonaria  por que era curioso em saber o que se passava lá dentro, quando eu estava fora, e depois de iniciado vi que não tinha graça nenhuma,

Salmo 133 – “A excelência do amor fraternal”

vers. 1 – “Oh! Quão bom e quão suave é que os irmãos vivam em união” Vemos que este Salmo davítico, quer mostrar a importância dos irmãos viverem em adesão, porém, no mesmo príncipio: daLiberdade, Igualdade e Fraternidade, e

Irmão Jânio Quadros

– Iniciado em 1946, na Loja “Libertas” de São Paulo – SP, e deixou a Maçonaria antes de receber o grau de Mestre Maçom.

As três Lojas que deram origem ao GOB

UNIÃO E TRANQUILIDADE ESPERANÇA DE NITEROY COMÉRCIO E ARTES Em 28/05/1822 em assembléia magna preparatória, na Loja COMERCIO E ARTES, são fundadas com os obreiros desta, as Lojas UNIAO E TRANQUILIDADE e ESPERANÇA DE NITEROY para com elas

Papel Social do Maçom

Em princípio é importante admitir que homens e mulheres se comportem de formas diversas em situações sociais diferentes e assumam papéis distintos, devido às expectativas que a sociedade coloca sobre eles (incluindo estereótipos e preconceitos). Portanto, comportamento...

A Tolerância

A Tolerância A primeira palavra que ouvi em minha iniciação, foi seja tolerante, tenha Tolerância, mas que significa esta palavra na Maçonaria?

O que é normal?

Sabemos que não é preciso muita força para enxergarmos a realidade que nos cerca, mesmo que as vezes mascarada. Somos informados, de alguma maneira ou de outra, de pessoas que passam fome ou são discriminadas.

Como deve proceder o Maçom

Sentindo a necessidade da disciplinação dos trabalhos de uma Loja Maçônica, a Loja João Evangelista, de Darmstadt, na República Federal alemã, estabeleceu um Regimento Interno que poderia ser adotado por qualquer Oficina.