Seja um colaborador do Brasil Maçom

QUEM FOI AARÃO, CITADO NO SALMO 133?

Pode-se dizer que a participação de Aarão nos Rituais Maçônicos é acidental.


Davi, ao compor o Salmo 133, o menciona, fazendo poéticas comparações:


Primeiramente, entre o prazer de se viver em fraterna união com o prazer que Aarão sentiu quando foi consagrado como primeiro Sumo Sacerdote.


Em seguida, compara o óleo perfumado que lhe foi derramado sobre a cabeça e que lhe escorreu pela barba até a orla de suas vestes, com a bênção de Deus sobre seu povo, com o orvalho do Monte Hermon, descendo abundantemente para fecundar as terras.

Aarão foi o filho primogênito de Amrão e Jocabed e irmão de Moisés, da tribo de Levi.


Exerceu papel importante frente ao Faraó, operando, a mandato de Moisés, diversos milagres.


Foi sua vara que se transformou em serpente para devorar as dos mágicos do Faraó;
Foi com seu cajado que transformou a água em sangue;


Foi ainda por seu intermédio que foram produzidas as pragas das rãs e dos mosquitos.

Aarão foi o primeiro Sumo Sacerdote dos judeus e, como a Moisés, não lhe foi permitido entrar na Terra Prometida. Morreu aos 123 anos no Monte Hor.

Você pode gostar...

Deixe uma resposta