NOTA OFICIAL – CMSB Comunicado sobre os atos de 08-01-2023

As 25 (vinte e cinco) Grandes Lojas signatárias do presente comunicado, integrantes da Confederação da Maçonaria Simbólica do Brasil – CMSB,
repudiam veementemente o deplorável vandalismo ocorrido no dia 8 de janeiro de 2023, com a invasão das sedes dos três Poderes da República e a
destruição de patrimônio público e histórico pertencentes ao povo brasileiro.


Os atos públicos, tenham eles origem na expressão popular ou gênese nas Instituições republicanas, devem estar invariavelmente alicerçados na democracia, na constitucionalidade e no respeito, com condutas pacíficas e ordeiras a fomentar a liberdade de expressão.


Confiante na maturidade da Nação brasileira e na solidez das Instituições da República, as Grandes Lojas acompanharão atentamente os desdobramentos desse lamentável acontecimento, pugnando pela prevalência absoluta da ordem democrática.


Fazem votos de que o diálogo, o debate de ideias e a cordial fraternidade prevaleça entre o povo brasileiro, que haverão de identificar e igualmente repudiar ações impulsionadas pela ignorância e pela intolerância.

Brasília-DF, 09 de janeiro de 2023

LEIA A INTEGRA:

Brasil Maçom
Brasil Maçom
Artigos: 100

2 comentários

  1. Eu não sou maçon nunca fui convidado tenho vontade de ser desde os meus 18 anos de idade até hoje 54 anos de idade não sou, mas o que me fez bom aqui é que também respeite admiro a ordem e as Leis para quem se cumpri e também os maçons estão certos em não APOIAR vandalismo nesse país , tenho hoje maturidade para saber o que eu quero caminhar e com quem, mas eu lado errado não vou ajudar ou apoiar. quero parabenizar porque eu acompanho mas redes sociais a maçonaria e quase que eu caio no engano de um dos charlatões da internet, vocês também tem que COMBATER e repudiar esse mau ou mal que está na mente de salsinha seres humanos

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Descubra mais sobre Brasil Maçom

Assine agora mesmo para continuar lendo e ter acesso ao arquivo completo.

Continue reading