ANÁLISE DO PAI NOSSO – ORAÇÃO MAIOR

MAÇONARIA
ANÁLISE DO PAI NOSSO – ORAÇÃO MAIOR

A maior oração do cristianismo, sem dúvida alguma é O Pai Nosso, que nos foi legada por JESÚS, no sermão da montanha como consta na Bíblia Sagrada, contendo O VELHO E O NOVO TESTAMENTO, traduzida em Português por João Ferreira de Almeida, no Livro de S. Mateus, Cap: 6, Vers: 9 a 13.


Diariamente esta oração é efetuada por milhões de pessoas no mundo, nos templos, nas casas, nas ruas, etc.


A maioria das pessoas, não atenta para o que estão rogando ao Pai Celestial, tudo é feito de forma mecânica, automática, como um papagaio treinado.
Devemos estar preparados, psíquica e espiritualmente ao elevarmos as nossas preces, pois, ao fazermos a oração estaremos dimensionando o que queremos.


Ela começa com uma Invocação: – Pai nosso que estás nos céus; neste momento, devemos estar contritos, com o espírito e mente em paz, chamamos a atenção da espiritualidade cósmica, estamos começando um ato solene, vamos elevar as nossas preces ao Deus de nosso coração. As nossas aspirações e desejos vão ser ditos e cremos que serão atendidos. Fazemos sete petições, as três primeiras são dirigidas ao espírito, as quatro seguintes, dirigidas à matéria, ao ser humano.


1) Santificado seja o teu nome: reverenciamos e consagramos o nome do ser divino, puro e imaculado.


2) Venha o teu reino; que as hostes celestiais com a beleza, glória e amor que resplandece em teu trono, possam ser vistas e sentidas por nós.
3) Seja feita a tua vontade, assim na terra como no céu; mostramos a nossa submissão aos desígnios celestiais.


4) O pão nosso de cada dia nos dá hoje; solicitamos o alimento para o espírito e o corpo.


5) E perdoa-nos as nossas dívidas, assim como nós perdoamos aos nossos devedores; ao fazermos esta solicitação estaremos dando a medida do que queremos receber, aqui esta o perigo para aquelas pessoas que fazem esta poderosa oração de forma mecânica e automática, se neste momento, estamos revoltados, irados, raivosos, magoados, sem compaixão, sem piedade, sem amor, se não perdoamos a ninguém, o que é que estaremos pedindo neste momento ao ser supremo? Estaremos pedindo contra nos, a revolta, a ira, a raiva, a falta de compaixão, a falta de piedade, o desamor de Deus para com nosso ser, e sobretudo, para não sermos perdoados. Devemos ter ciência que ao orarmos O Pai Nosso, poderemos estar pedindo muito bem ou muito mal.


6) E não nos induza à tentação; Jésus, o ser divino foi tentado várias vezes, ele conseguiu se livrar das tentações, nos, que somos fracos seres humanos, provavelmente não conseguiríamos, por isso, não gostaríamos de ser induzidos à tentação.


7) Mas livra-nos do mal; desejamos ficar livres das doenças não só do corpo, mas, também da alma.
O término é com uma dedicatória: porque teu é o reino, e o poder, e a glória, para sempre, Amém. Reino = Malkuth, Poder = Kether, Glória = hod.
Confirmação do que desejamos na quinta petição, esta nos dois versículos seguintes: 14) Porque, se perdoardes aos homens as suas ofensas, também vosso Pai celestial vos perdoará a vós. 15) Se, porém, não perdoardes aos homens as suas ofensas, também vosso Pai vos não perdoará as vossas ofensas.


Quantos de nós, temos o cuidado e compenetração ao executarmos esta prece, devemos estar cientes de que tudo quanto pedirmos seremos atendidos, S. Mateus, Cap: 7, Vers: 7) Pedi, e dar-se-vos-á; buscai, e encontrareis; batei , e abrir-se-vos-á. 8) porque, aquele que pede, recebe; e, o que busca, encontra; e, ao que bate, se abre.


Portanto, cuidado com o que pedimos e desejamos.

SAIBA COMO ADQUIRIR O LIVRO ANÁLISE DO RITUAL DE APRENDIZ MAÇOM – REAA. VISITE O SITE: www.pedroneves.recantodasletras.com.br  e veja livros à venda.

PEDRO NEVES .’. M .’. I .’. GR .’. 33
PÉRICLES NEVES .’. M .’. I .’. GR .’. 33
site maçônico
www.pedroneves.recantodasletras.com.br

Pedro Neves

Enviado por Pedro Neves em 19/02/2008
Alterado em 23/11/2010

https://www.pedroneves.recantodasletras.com.br/visualizar.php?idt=866568

Brasil Maçom
Brasil Maçom
Artigos: 100

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Descubra mais sobre Brasil Maçom

Assine agora mesmo para continuar lendo e ter acesso ao arquivo completo.

Continue reading